Que a tipografia é importante da identidade visual isso nós já sabemos, mas o quão importante ela realmente é? No artigo de hoje quero tratar deste assunto com uma abordagem mais vertical, trazendo conceitos, tendências e dicas referentes a este tema. 

É comum que uma identidade visual feita por um designer já tenha uma tipografia definida junto á criação da marca e às vezes esta definição é feita bem antes, já no processo de planejamento de branding, é a fonte em conjunto com os outros elementos que vão ser os responsáveis por comunicar a personalidade da marca em todos os materiais, logo, esta comunicação precisa ser muito bem pensada, para refletir o real propósito e valor de um negócio.

Acabou há muito tempo a época em que uma identidade visual era apenas um logotipo dotado de um símbolo e uma grafia, hoje as identidades visuais são compostas de diversos elementos que reforçam a personalidade da marca.

Em um mundo com cada vez mais marcas dividindo o mesmo espaço o dever da identidade visual é de se destacar entre as outras tendo coerência com os valores que aquela marca prega, a tipografia por sua vez é a voz de uma marca e ela sempre deve ser consistente em todos os materiais, pois é também através dela que o consumidor poderá fazer o reconhecimento de marca, que é extremamente importante para um negócio bem-sucedido.

Brand look and feel

App do Banco Inter

Uma tendência que podemos notar é que cada vez mais as expressões da marca tem se tornado mais líquidas, ou seja, mais adaptáveis, isso acontece porque atualmente a marca precisa se fazer presente em diversos ambientes e esta presença tem a necessidade de ser consistente em todos os contextos, isso consegue ser alcançado, por vezes apenas com o uso de uma tipografia consistente aliada as cores da marca, neste caso, a fonte é a grande responsável por entregar a personalidade da identidade caso a marca esteja ausente, um bom exemplo disso são as interfaces de aplicativos que tem adotado este conceito de look and feel ao invés de adicionarem a marca ou o símbolo em todas as telas do app.

.

A tendência mundial das tipografias custom

O interesse das marcas por tipos próprios vem aumentando cada vez mais, além de ser um ótimo recurso para fortalecer a identidade da marca esse interesse vem também por conta da economia feita com licenças de uso, pois quando é usada uma determinada fonte em um material, é preciso comprar a licença de forma separada para cada tipo de aplicação, seja o uso em materiais impressos, websites, vídeos, campanhas publicitárias, etc.

Glopotipo – A família tipográfica da Globo

Um caso recente de uma empresa Brasileira a ter criado sua tipografia própria é a emissora de TV Globo, que contratou o estúdio Plau design (@plaudesign) para criar a Globotipo – A Família Tipográfica da Globo, agora imagine a quantidade de dinheiro que esta empresa economizou com licenças.

tipografia-da-netflix

No cenário internacional temos a Netflix e a IBM que recentemente mandaram fazer suas tipografias customizadas e também alegaram nas redes sociais estar fazendo isso para economizar milhões com licenças de uso.

Dicas para quem não é designer mas gosta
de se aventurar…

As fontes servem para dar continuidade a identidade da marca por isso deve-se tomar muito cuidado ao escolher a tipografia usada nos materiais gráficos, lembre-se que elas devem ser coerentes com o seu negócio, por exemplo: um panfleto de uma loja de roupas infantis provavelmente não ficará visualmente atrativo com uma fonte Arial em toda a sua extensão.

Outra dica legal para que se tenha materiais mais atraentes é escolher uma fonte que tenha uma família diversificada, variar a espessura das fontes é uma maneira comum de criar um contraste e garantir uma hierarquia visual harmoniosa.

variação de fontes
Foto divulgação: fonts.com

É preciso ter muito cuidado para não criar um Armagedom de fontes no seu material, se você não tem experiência com design gráfico, escolha no máximo duas fontes que combinem entre si.

Após escolhidas as fontes, você precisa se certificar de as manter consistentes em todos os seus canais e materiais, assim como com as cores, isso criará uma sensação de continuidade que vai resultar em um aumento no reconhecimento da sua marca.

Caso você esteja começando o seu negócio agora
, é importante que comece com uma identidade visual criada por um profissional qualificado, pois apresentar materiais bem pensados e executados pode resultar em uma melhor aceitação do público e consequentemente mais vendas.

Gostou deste conteúdo?

Não deixe de comentar e compartilhar nas suas redes sociais!